• facebook
  • instagram
  • twitter
  • youtube
  • twitch

Al Ewing condena ilustrações preconceituosas do brasileiro Joe Bennett

by Omelete

5th October, 2021

Roteirista da Marvel diz que não pretende mais trabalhar com seu ex-companheiro de O Imortal Hulk

Uma ilustração feita em 2017 pelo artista brasileiro Joe Bennett em apoio ao então deputado Jair Bolsonaro levou o roteirista Al Ewing, que trabalhou com o ilustrador em O Imortal Hulk, a declarar que nunca mais trabalhará com o ex-parceiro. Em seu Twitter, o quadrinista revelou já ter tratado o caso internamente na Marvel e se desculpou com o público por não ter repudiado publicamente as ações de Bennett até agora.

O roteirista afirmou ainda que esse não foi o único caso problemático relacionado ao artista que chegou à sua atenção. Recentemente, Bennett respondeu com risadas comentários transfóbicos em artes oficiais da Mulher-Hulk, além de imagens com conotações antissemitas inseridas nas páginas de O Imortal Hulk #43. Confira a declaração completa de Ewing abaixo:

Tem uma imagem feita por Joe Bennett em 2017 circulando. Não vou compartilhá-la, mas a vi e é repreensível. (…) Se você viu a imagem, sabe o que é. Um espadachim de armadura, que acredito se Bolsonaro por causa dos comentários de Joe, massacrando pessoas pequenas em fuga, com dentes enormes e orelhas de rato. E grandes narizes. Um deles fantasiado de Drácula

Imagino que esses sejam oponentes políticos de algum tipo, mas, mesmo que não sejam, o significado é claro. Seres humanos parecidos com vermes sendo exterminados. Mesmo que tenha sido deletada, o fato de ter sido desenhada, assinada e orgulhosamente exposta por Joe fala alto. Este não é o primeiro problema de Joe do qual fico sabendo. Já falei sobre isso nos bastidores, mas isso não é conforto para as pessoas atingidas por esse tipo de propaganda brutal. Minha falta repúdio publicamente visível decepcionou as pessoas, e eu peço desculpas

Para somar uma ação material a esse pedido de desculpas, fiz doações à [fundação de apoio à comunidade LGBTQIA+] Rainbow Railroad e [à ONG ambientalista] Rainforest Trust. Entendo se isso parecer um gesto vazio ou insuficiente para aqueles lendo isto. O Imortal Hulk acabou, mas não trabalharei com Joe novamente. Se as pessoas optarem por não mais ler meus trabalhos com outros artistas no futuro por causa da maneira como lidei com este assunto, eu entendo e aceito. Perdi sua confiança e a culpa é minha

Não posso falar por Joe. Ele que fale por si mesmo. Mas direi que não cabe a ele – ou a mim – dizer o que as pessoas machucadas por seu comportamento passado devem ou não estar dispostas a aceitar dele a partir de agora. Ele está colhendo o que plantou. Dito isso, provavelmente me ausentarei do Twitter por um tempo e não lerei ou responderei as respostas por enquanto. De novo, entendo se isso parecer insuficiente. Obrigado por ler

Até o momento de publicação desta nota, Bennett não se pronunciou sobre o assunto.

O Immortal Hulk começou a ser publicada em 2018 e acumulou indicações ao Prêmio Eisner ao longo de sua publicação. O título chegará ao fim com o número 50. No Brasil, a série é publicada pela Panini

via Omelete


by Omelete