• facebook
  • instagram
  • twitter
  • youtube
  • twitch

Resgatando a obra de Anna Katharine Green – O Crime da Quinta Avenida

by Isabella Pereira

10th Novemeber, 2018

Sir Arthur Conan Doyle, escritor por trás do célebre personagem Sherlock Holmes, é canônico das histórias de mistério. Assim como Agatha Christie, criadora de Hercule Poirot e Miss Marple. Mas você já ouviu falar em Anne Katharine Green?

E se eu te disser que ela é a pessoa creditada como responsável por tornar o estilo de romance policial clássico utilizando a ciência forense? Seu personagem principal é Ebenezer Gryce, da força policial de Nova York, assistido por Amelia Butterworth.

A estreia de Sherlock Holmes ocorreu em 1887, com Um Estudo em Vermelho. A de Monsieur Poirot em 1920 com O Misterioso Caso de Styles. Já Mr. Gryce foi publicado pela primeira vez em 1878, em The Leavenworth Case.

Enquanto os autores já conhecidos são europeus e situam na Inglaterra suas obras, Green era americana, nascida em Nova York. Diz-se inclusive que em 1894, em uma visita aos Estados Unidos, Conan Doyle quis encontrá-la.

É curioso como, apesar de todos seus méritos, tão pouco se fale sobre Anne Katherine e suas obras. Nunca, por exemplo, sua obra foi traduzida para o português brasileiro.

Ilustração de G. W. Peters,conforme publicada em uma edição de 1906 de The Leavenworth Case (New York: G. P. Putnam’s Sons)

Bem, nunca até agora. Uma campanha da editora Monomito no Catarse visa mudar este cenário. Traduzido pela escritora Cláudia Lemes, o livro de estreia de Green está em processo de financiamento coletivo, juntamente com outros brindes em valores a partir de R$20,00.

Então, para saber mais sobre O Crime da Quinta Avenida e o projeto, acesse a página do financiamento e dê sua contribuição!

by Isabella Pereira