Avatar quase foi para maiores de 18 e isso teria sido um desastre

Avatar: O Caminho da Água mostra que a franquia de James Cameron ainda tem muita força na bilheteria, visto que já se tornou a 3ª maior bilheteria de todos os tempos. No entanto, esse cenário poderia ter sido muito diferente, caso o filme original fosse para maiores de 18 anos.

James Cameron teve a ideia para o épico de ficção científica muito antes de ser colocado em produção. O filme deu ao diretor a melhor oportunidade de trabalhar com praticamente tudo o que ele é apaixonado na tela grande.

De romances clássicos de ficção científica a aspectos da cultura asiática, o mundo de Avatar é rico em inspiração e detalhes. Além disso, o filme foi um grande avanço para os efeitos visuais, com seu uso inovador de desempenho de captura de movimento e filmagem 3D usada para dar vida à visão expansiva de Cameron.

Tal ambição causou preocupação na indústria, no entanto. Antes de seu lançamento, havia muitos questionando se Avatar fracassaria nas bilheterias, em grande parte devido ao seu enorme orçamento que excedeu US$ 200 milhões. E embora saibamos hoje que o filme superou em muito essas expectativas, uma decisão criativa de Cameron e companhia salvou o filme de se tornar o desastre financeiro que alguns esperavam.

O público lotou os cinemas em todo o mundo para ver o filme de James Cameron, que levou Avatar a se tornar o primeiro filme a ultrapassar a marca de US$ 2 bilhões.

Avatar: O Caminho da Água está em cartaz nos cinemas.
Avatar: O Caminho da Água está em cartaz nos cinemas.

Diretor cortou muito da violência do primeiro Avatar

Hoje, continua a ser o filme de maior bilheteria de todos os tempos, com seus muitos relançamentos ajudando a acumular US$ 2,9 bilhões (via Box Office Mojo).

Mas seu legado histórico poderia ter se desenrolado de maneira muito diferente. O diretor Robert Rodriguez, durante uma entrevista ao ScreenRant, revelou que Cameron tinha planos diferentes para sua aventura de ficção científica de 2009, dizendo:

“Ele escreveu o filme originalmente com classificação R em mente”, disse Rodriguez – classificação R é para maiores de 18 nos EUA. “Ele sabia que precisava tirar algumas coisas para que pudesse ser para todos os públicos, PG-13.”

A classificação PG-13 (para maiores de 13 anos) não só fez com que o filme não exagerasse na violência ou sexo, mas também possibilitou o seu sucesso.

Embora os próprios empreendimentos cinematográficos mais maduros de Cameron, como Aliens e O Exterminador do Futuro 2: O Dia do Julgamento, tenham mais do que dado lucro, seria muito arriscado para o já ambicioso Avatar seguir pelo mesmo caminho.

Dado o seu enorme orçamento, o filme precisava trazer o maior público possível para garantir seu sucesso. É seguro dizer que Cameron tomou a decisão certa.

Avatar: O Caminho da Água (Avatar 2) está em exibição nos cinemas.

Fonte: UOL Cinema

3 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *