Excluídos é uma história real? A verdade sobre o filme da Netflix

Sucesso na Netflix, o filme Excluídos conquistou os assinantes brasileiros da plataforma com uma trama surpreendente e cheia de reviravoltas. O longa de suspense também deixou muitos espectadores confusos. Afinal de contas: ele é baseado em uma história real?

“Uma mulher conseguiu construir meticulosamente uma vida de privilégios. Mas a chegada de dois estranhos à cidade ameaça derrubar esse castelo de cartas”, diz a sinopse oficial de Excluídos na Netflix.

Liderado por Ashley Madekwe (The Umbrella Academy), o elenco de Excluídos conta também com Justin Sallinger (Grant), Samuel Small (Game of Thrones), Maria Almeida (Pretty Red Dress), Bukky Bakray (Rocks) e Jorden Myrie (Dancing in the Dark).

Mostramos abaixo tudo que você precisa saber sobre a verdade por trás de Excluídos – veja se a história do filme é real!

Excluídos é inspirado em eventos reais na Netflix?

Lançado originalmente no Reino Unido, Excluídos chegou ao catálogo internacional da Netflix no dia 22 de fevereiro de 2023.

Menos de 24 horas depois, o longa já figurava no Top 10 do streaming. Atualmente, Excluídos é o segundo filme mais assistido da plataforma, perdendo apenas para o thriller de ação Vingança Solitária.

Diferentemente do que muitos fãs imaginam, a história de Excluídos não é baseada em eventos reais. O longa também não é uma adaptação de livro ou HQ.

Na verdade, a trama de Excluídos é completamente fictícia. A história foi desenvolvida pelo roteirista Nathaniel Martello-White, que também dirige o filme.

Para criar a trama de Excluídos, White se inspirou em diversos filmes de suspense e terror – como Violência Gratuita e Escondidos (de Michael Haneke), além de Corra!, de Jordan Peele.

Essas inspirações estão claramente presentes na história de Excluídos. Durante todo o filme, a protagonista Neve tenta se adaptar ao ambiente de uma rica região inglesa, e em dado momento, é perguntada se “odeia ser negra”.

O diretor e roteirista do longa também falou sobre o desenvolvimento da história e suas inspirações para a trama em um papo recente com a imprensa.

“Cresci em um ambiente humilde. Mas passei muito tempo em ambientes de classe média, onde você acaba mudando a maneira de falar, seu sotaque, sua cadência… E aí, tudo volta ao normal quando você se encontra com pessoas da sua área”, explicou White.

Segundo o cineasta, a trama de Excluídos também serve como uma metáfora sobre “os traumas geracionais que se desenvolvem nas famílias”.

Você já pode assistir Excluídos no catálogo brasileiro da Netflix.

Fonte: UOL Cinema

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *