Grey’s Anatomy destrói memórias de Meredith antes de despedida

A um episódio da despedida de Meredith (Ellen Pompeo), Grey’s Anatomy armou uma última tragédia para a protagonista da série: um incêndio destruiu a sua casa e todas as suas memórias para que ela pudesse recomeçar do zero em Boston. Como se a cirurgiã já não tivesse sofrido o suficiente ao longo de quase duas décadas do drama médico.

Intitulado Thunderstruck (Atingido por um Raio, em tradução literal), o sexto capítulo da 19ª temporada mostra Seattle embaixo de uma tempestade daquelas. Além de raios e trovões ameaçando a cidade e sua população, Meredith também decide ter seu próprio momento chocante ao pedir demissão do Grey Sloan através de um e-mail.

Nick (Scott Speedman) fica chateado com a namorada –afinal, ele pediu demissão de seu antigo emprego e se mudou para Seattle para ficar perto de Meredith, e ela decidiu ir embora sem sequer conversar com ele. Sem conseguirem conversar, os dois ainda precisam trabalhar juntos em uma cirurgia para salvar a vida de Tessa (Patricia Richardson), autora de livros infantis que marcou a infância de boa parte dos médicos do Grey Sloan.

Como se o silêncio entre Meredith e Nick já não fosse drama o suficiente, a tensão durante a operação cresce porque o médico obviamente colocou Lucas Adams (Niko Terho) sob suas asas, e a protagonista desconta suas frustrações no sobrinho –afastando-o da cirurgia no meio e escalando Simone Griffin (Alexis Floyd) para sua posição. O procedimento é bem-sucedido, mas Lucas e Simone entram em conflito no vestiário. A briga termina em um beijo, mas a novata prontamente rejeita o colega e sai correndo.

Se o clima entre dois dos internos vai pelo ralo, Benson Kwan (Harry Shum Jr.) e Jules Millin (Adelaide Kane) estão construindo aos poucos a própria relação. Depois de uma pegação quente no capítulo regado a aulas de sexo, a dupla retoma uma dinâmica de provocação mútua que resulta em um momento no qual eles se abrem sobre traumas de seu passado: ela fala sobre seus pais hippies e o quanto eles afetaram sua vida, ele revela que estuda Medicina na ilha de São Cristóvão porque nenhuma faculdade nos Estados Unidos o aceitou após suas notas desabarem com a morte de sua mãe.

Na direção oposta estão Maggie (Kelly McCreary) e Winston (Anthony Hill). A decisão do médico de mudar sua especialização não cai nada bem com a irmã de Meredith e, depois de passar um bom tempo evitando o marido, ela finalmente assume que não consegue respeitar a decisão dele de colocar o amor que sente por ela acima de sua vida profissional. A discussão não avança porque a casa é atingida por um raio e começa a pegar fogo, mas como um casal pode sobreviver a uma briga dessas?

A saída inesperada de Meredith ainda causa outro problema para Richard (James Pickens Jr.): ele precisa encontrar um novo chefe para substituir a protagonista. Bailey (Chandra Wilson), cada vez mais dedicada à sua clínica e ao direito das mulheres de abortarem, recusa o convite para reassumir sua antiga posição. Owen (Kevin McKidd) se oferece, mas é prontamente colocado em seu lugar: ele sequer tem licença para operar sozinho, que dirá para comandar um programa inteiro?

Teddy (Kim Raver) é incentivada pelo marido para o cargo, e ela certamente já demonstrou várias vezes que não tem nenhum problema em ser mandona quando necessário –e muitas vezes quando não é necessário também. Será que a cirurgiã cardiotorácica vai assumir a chefia?

A 19ª temporada de Grey’s Anatomy está na programação do Sony Channel, com novos episódios sendo exibidos toda terça-feira, às 21h. Depois de cada capítulo, o canal pago transmite também o sexto ano de Station 19, spin-off do drama médico cujas histórias se entrelaçam com frequência.

Fonte: UOL Cinema

7 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *