Há 40 anos, Mash bateu marca que faz Friends comer poeira

Símbolo da TV dos Estados Unidos, Mash (1972-1983) é uma das produções mais importantes da história do país. Após estrear sem muito alarde na rede CBS, a série arrebatou o coração da audiência e tornou-se sucesso mundial, algo que a ajudou a bater uma marca histórica há 40 anos e que faz com que fenômenos como Friends (1994-2004) e Seinfeld (1989-1998) comam poeira até os dias atuais.

Em 28 de fevereiro de 1983, a atração criada por Larry Gelbart (1928-2009) exibia o seu último episódio, o derradeiro de uma jornada que durou 11 temporadas. Intitulado Goodbye, Farewell and Amen (Adeus, Até a Próxima e Amém, em tradução livre), o capítulo final de Mash praticamente parou o país em frente à TV e conquistou uma audiência histórica: cerca de 105 milhões de espectadores assistiram à despedida da série, com picos de 121,6 milhões nos seis minutos finais do episódio.

A marca histórica torna o último episódio de Mash como o series finale (fim de série, em tradução livre) mais assistido na história da TV norte-americana. É um número muito superior ao conquistado por verdadeiros hits como Friends (52,5 milhões) e Seinfeld (76,3 milhões), cuja popularidade ultrapassou as barreiras do tempo com a ajuda da popularização de serviços de streaming e TV a cabo.

O último episódio de Mash carregou o rótulo de maior audiência da história dos Estados Unidos até 2010, quando a final do Super Bowl entre New Orleans Saints (campeão) e o Indianapolis Colts foi vista por 106,5 milhões de espectadores.

Estima-se que um milhão de pessoas só na cidade de Nova York usaram o banheiro apenas depois que o episódio final de Mash foi ao ar, despejando 6,7 milhões de galões de água nos esgotos da cidade, segundo dados fornecidos pela United Press International na época. “Ao falar com engenheiros que estão há cerca de 30 ou 40 anos na função, eles nunca viram nada parecido antes”, disse Peter Barrett, porta-voz do Departamento de Proteção Ambiental da cidade, à UPI.

Elenco de Mash

O elenco principal de Mash

Divulgação/CBS

Com 251 episódios divididos entre 11 temporadas, Mash era uma comédia dramática que contava a história de uma equipe de médicos e enfermeiros que cuidavam de um batalhão do exército durante a Guerra das Coreias (1950-1953). Em seu primeiro ano, a série era exibida pela CBS às noites de domingo, mas a baixa audiência quase causou o seu cancelamento abrupto.

Para a segunda temporada, os executivos da emissora optaram por um incluí-la no bloco de comédias das noites de sábado, que tinha sucessos como Tudo em Família (1971-1979), The Mary Tyler Moore Show (1970-1977), The Bob Newhart Show (1972-1978) e The Carol Burnett Show (1967-1978). O resultado saiu melhor do que encomenda: Mash virou sucesso absoluto e passou a figurar na lista das séries mais amadas pelo público estadunidense.

Inspirada no livro homônimo escrito por Richard Hooker (1924-1997), Mash retrata as experiências do autor durante o seu período servindo o exército dos EUA na Guerra das Coreias como médico cirurgião. Suas histórias foram adaptadas inicialmente em um filme lançado em 1970 que tinha nomes como Donald Sunderland (Jogos Vorazes), Elliott Gould (Friends) e Robert Duvall (O Poderoso Chefão) no elenco. O sucesso fez com que a CBS apostasse em uma versão para a TV, que novos nomes assumindo os personagens principais –a exceção foi Gary Burghoff, que interpretou Radar O’Reilly nas duas produções.

O elenco principal de Mash contava com Alan Alda (Benjamin Franklin “Hawkeye” Pierce), Wayne Rogers (John “Trapper” McIntyre), McLean Stevenson (Henry Blake), Loretta Swit (Margaret Houlihan), Larry Linville (Frank Burns), Gary Burghoff (Walter “Radar” O’Reilly), Mike Farrell (B. J. Hunnicutt.), Jamie Farr (Klinger), Harry Morgan (Sherman T. Potter) e William Christopher (Padre Mulcahy).

Confira abaixo a lista dos dez últimos episódios de séries mais vistos da TV dos EUA:

  • Mash: 105 milhões;
  • Cheers (1982-1993): 80,5 milhões;
  • O Fugitivo (1963-1967): 78 milhões;
  • Seinfield: 76,3 milhões;
  • Friends: 52,5 milhões;
  • Magnum P.I. (1980-1988): 50,7 milhões;
  • The Cosby Show (1984-1992): 44,4 milhões;
  • Tudo em Família: 40,2 milhões;
  • Caras e Caretas (1982-1989): 36,3 milhões;
  • Home Improvement (1991-1999): 35,5 milhões.
  • Fonte: UOL Cinema

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *