James Cameron investiga teorias sobre a polêmica cena da porta

Mais de 20 anos depois da estreia de Titanic, o diretor recriou a cena para testar teorias de fãs que criticam o fim do longa; confira o vídeo

Você provavelmente já ouviu um fã de Titanic afirmar que Jack Dawson teria sobrevivido caso tivesse subido na porta em que colocou Rose no final do longa. A teoria — e crítica ao enredo — tem assombrado James Cameron desde 1997 e, pensando nisso, o diretor decidiu acabar com tais boatos de uma vez por todas.

Acontece que, pouco antes do sucesso de bilheteria retornar aos cinemas neste mês, o premiado cineasta investigou quais alternativas Jack e Rose poderiam ter encontrado ao final de Titanic. Afinal, o personagem de Leonardo DiCaprio teria sido salvo pela mesma porta que manteve Rose (Kate Winslet) flutuando durante horas?

+++LEIA MAIS: Titanic volta aos cinemas para exibição 3D

A resposta para essa questão, que já permeia o universo cinematográfico há décadas, pode ter sido respondida no especial Titanic: 25 anos depois com James Cameron, lançado pela National Geographic no último domingo, 05. Isso porque, na produção, o diretor de Titanic uniu-se com uma equipe de especialistas e dois atores para reproduzir a polêmica cena da porta (via Entertainment Weekly).

No total, quatro cenários diferentes foram testados, a fim de verificar em quantos desfechos Jack continuaria vivo junto de Rose. Para isso, os atores enfrentaram os mesmos obstáculos que o casal original durante o naufrágio, incluindo o angustiante momento em que Rose quase foi afogada por outro passageiro do Titanic.

+++LEIA MAIS: James Cameron é diretor de três dos cinco filmes de maior bilheteria do mundo

Foi assim que, em uma das tentativas, o ator de Jack realmente conseguiu equilibrar-se na porta. “Ele está estabilizado. Chegou a um ponto em que poderia ter sobrevivido até que o bote salva-vidas chegasse”, afirmou Cameron, cauteloso.

Jack poderia ter sobrevivido, mas há muitas variáveis”, afirmou o diretor, defendendo o verdadeiro fim de Jack. “Acho que o processo de pensamento dele foi: ‘Não vou fazer nada que coloque Rose em risco’, e isso é 100% do personagem.”

+++LEIA MAIS: Titanic: Kate Winslet critica comentários ‘quase abusivos’ sobre cena da porta

Curiosamente, a opinião de Cameron também é compartilhada por Kate Winslet. “Tenho que ser honesta: não acredito que teríamos sobrevivido se tivéssemos subido naquela porta. Acho que ele caberia, mas teria tombado e não teria sido uma ideia sustentável”, afirmou a atriz, em dezembro do ano passado, ao podcast Happy Sad Confused.

Confira cenas do especial Titanic: 25 anos depois com James Cameron:

+++LEIA MAIS: Existe alguma ligação entre Frozen e Titanic? Fãs teorizam



Fonte: UOL Cinema

5 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *