O Senhor dos Anéis vai ganhar novos filmes após série da Amazon

Depois do lançamento de Os Anéis de Poder no Prime Video, a franquia O Senhor dos Anéis vai ganhar novos filmes para o cinema. A Warner Bros. Discovery e a produtora New Line acertaram um contrato de vários anos com a Embracer Group AB, empresa sueca detentora dos direitos autorais das obras de J.R.R. Tolkien (1892-1973).

A Warner confirmou a informação em reunião com os acionistas ocorrida nesta quinta-feira (23). O CEO David Zaslav pretende investir em franquias de sucesso do estúdio para retornar aos tempos de glória e cofres cheios. Em novembro, ele também confirmou a intenção de produzir mais filmes e séries situados no universo de Harry Potter.

O primeiro projeto de O Senhor dos Anéis a ser produzido sob o novo acordo será The War of the Rohirrim, anime que mostrará a história de Helm Mão-de-Martelo, nono rei de Rohan –o personagem é citado nos apêndices de Tolkien e deu nome ao Abismo de Helm. A estreia está prevista para 2024.

Em comunicado enviado a jornalistas, Michael De Luca e Pamela Abdy, chefes da divisão de filmes da Warner Bros, asseguraram que não têm a intenção de revisitar as histórias mostradas nos filmes de Peter Jackson. O plano do estúdio é expandir a franquia e explorar contos envolvendo outros personagens e lendas do universo de Tolkien.

“Vinte anos atrás, a New Line deu um salto de fé sem precedentes para realizar as incríveis histórias, personagens e mundo de O Senhor dos Anéis na tela grande. O resultado foi uma série histórica de filmes que foram adotados por gerações de fãs. Mas, apesar de todo o escopo e detalhes cuidadosamente embalados nas duas trilogias, o vasto, complexo e deslumbrante universo sonhado por J.R.R. Tolkien permanece amplamente inexplorado no cinema. A oportunidade de convidar os fãs a se aprofundarem no mundo cinematográfico da Terra-Média é uma honra, e estamos entusiasmados em fazer parceria com a Middle-earth Enterprises e a Embracer nesta aventura”, disse a dupla no texto.

“Entendemos o quanto essas obras são apreciadas e, trabalhando em conjunto com nossos parceiros da New Line Cinema e da Warner Bros. Pictures, planejamos honrar o passado, olhar para o futuro e aderir ao mais alto nível de qualidade e valores de produção”, acrescentou Lee Guinchard, CEO da Freemode, que faz parte da Embracer.

E a série de O Senhor dos Anéis?

O anúncio de novos filmes da franquia O Senhor dos Anéis pode colocar uma pulga atrás da orelha dos fãs da obra. Afinal, o que acontecerá com Os Anéis de Poder, série épica situada no mesmo universo que estreou no Prime Video no ano passado?

A principal diferença entre os novos projetos e a série é que a atração do Prime Video foca na Segunda Era, milhares de anos antes dos eventos dos filmes. Os direitos pertencentes à Warner têm como foco a Terceira Era, quando acontecem os eventos mais conhecidos e envolvem os personagens mais icônicos da franquia. É possível que o estúdio agora possa usar grandes nomes do universo de Tolkien, como Gandalf, Frodo, Bilbo e Aragorn.

Isso também significa que não será necessário assistir à série para acompanhar os filmes, como acontece com as produções do Marvel Studios. Embora conhecer o universo de Tolkien ajuda na experiência, as produções não terão conexões diretas.

Fonte: UOL Cinema

4 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *