Party Down: Revival de série que flopou em 2010 chocou até criador

Em meio à onda de revivals e reboots em Hollywood, algumas séries resgatadas pegam os fãs de surpresa. É o caso de Party Down, uma comédia exibida entre 2009 e 2010 pelo então pouco conhecido canal Starz –que ainda engatinhava no conteúdo próprio. A produção que teve apenas 20 episódios divididos em duas temporadas nunca chegou a ser um fenômeno de audiência e, apesar de elogiada pela crítica, não foi indicada a grandes prêmios. Por isso, a decisão de produzir novos episódios chocou até John Enbom, criador da atração.

“Acho que ninguém esperava, nem nós mesmos. Certamente queríamos que acontecesse e tentamos fazer uma continuação durante esse tempo todo. Criamos novas histórias para apresentar aos executivos, esse tipo de coisa. Quando havia alguma troca no comando [do canal], alguém falava: ‘Ainda não conversamos com essa cara’. A esperança é a última que morre, como dizem. Dessa vez todas as estrelas se alinharam e, quem diria, às vezes coisas boas realmente acontecem para quem espera. Então, ninguém imaginou, mas estamos muito empolgados que tenha ocorrido”, conta Enbom à Tangerina.

Os atores de Party Down também se surpreenderam com a notícia da volta. “Nós não esperávamos, mas era tudo o que queríamos. Então foi uma surpresa muito agradável”, diz Ryan Hansen, intérprete de Kyle Bradway. “A verdade é que todos ficamos muito chateados quando a série foi cancelada, quando paramos de gravar. E, durante muito tempo, havia rumores de que faríamos alguma coisa, um filme talvez. Então, eu mantive minhas esperanças”, completa Ken Marino, que vive Ron Donald.

Em sua versão original, Party Down contava a história de um grupo de aspirantes a atores e roteiristas em Hollywood que trabalhavam em uma companhia de bufê para pagar as contas enquanto a grande oportunidade profissional não aparecia. Agora, a comédia mostra os mesmos personagens mais de uma década depois, sem o mesmo brilho no olhar nem a determinação de lutar por uma carreira após tantas frustrações.

Apesar de não ter feito muito sucesso durante a exibição original, a comédia acabou caindo nas graças do público e virou cult. O sucesso posterior do elenco, que ainda contava com Adam Scott (Ruptura), Lizzy Caplan (Castle Rock), Martin Starr (a trilogia Homem-Aranha com Tom Holland), Jane Lynch (Glee), Megan Mullally (Will & Grace) e Jennifer Coolidge (The White Lotus), também contribuiu para que a série fosse descoberta depois de cancelada.

“Nós demos muita sorte de pegar logo o início da febre do streaming, então as pessoas podiam assistir à série mesmo depois do fim. Virou uma bola de neve que fugiu do nosso controle (risos). Claro que fizemos o nosso melhor para produzir algo engraçado, que achávamos inteligente e diferente de tudo que era feito na época. E acho que também ajudou o fato de gostarmos mesmo de trabalhar em Party Down, todo mundo ali se divertia. Porque existem projetos criativos que, nos bastidores, são uma dor de cabeça, muito estressantes. Todo mundo queria voltar, havia essa nostalgia”, teoriza Enbom.

Com a redescoberta no streaming, vieram novos fãs dispostos a acompanhar novos episódios de Party Down. “As pessoas sempre me perguntavam quando nós íamos voltar, e as conversas estavam rolando, mas eu precisava ser vago: ‘Acho que vai acontecer algo, mas eu não quero azarar’”, lembra Marino. “Mas, após tanta espera, eu simplesmente desisti e segui em frente. Pouco tempo depois, recebi uma mensagem falando que a terceira temporada finalmente ia acontecer. Então a moral da história é: perder a esperança pode ser uma coisa boa (risos)”, brinca o ator.

A terceira temporada de Party Down estreia na sexta-feira (24), no Lionsgate+, com um novo episódio sendo adicionado toda semana –serão seis, no total. Entre as novidades do elenco estão Jennifer Garner (De Repente 30), James Marsden (Encantada), Zoë Chao (Depois da Festa) e Tyrel Jackson Williams (Lab Rats). As duas primeiras levas de capítulos também estão disponíveis na plataforma. Confira o trailer:

Fonte: UOL Cinema

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *