Sharper: Apple TV+ lança fascinante sobre golpes

Nesta sexta-feira (17), estreia exclusivamente no Apple TV+ o filme Sharper: Uma Vida de Trapaças. Por si só, o longa-metragem já chama a atenção pelo elenco de estrelas formado por Julianne Moore, Sebastian Stan, John Lithgow e Justice Smith, mas a cada minuto o roteiro consegue surpreender com uma nova reviravolta e uma trama fascinante sobre golpistas de primeira categoria.

Ambientado em Nova York, Sharper começa com uma história de amor comovente, que até leva o espectador a acreditar que está assistindo a uma comédia romântica. Tom (Justice Smith) é o dono de uma livraria repleta de tesouros, incluindo uma cópia da primeira edição de Jane Eyre, de Charlotte Brontë (1816-1855). Em um dia qualquer, Sandra (Briana Middleton), uma simpática doutoranda, entra na loja em busca de uma obra e acaba chamando a atenção do dono por seu jeito doce e o fato de mencionar o quanto o livro de Charlotte Brontë mudou sua vida. 

O romance começa aí, com Tom e Sandra se deliciando pela vida e despertando novas sensações um no outro. Porém, Sandra tem um irmão complicado, que deve US$ 350 mil para bandidos. Sem que ela peça, Tom lhe oferece o dinheiro e acaba revelando que seu pai é um bilionário famoso da cidade com quem tem uma relação bastante tortuosa. 

Porém, como já adianta o título: tudo não passa de uma grande farsa. Sandra, que conquistou o amor do pobre Tom, desaparece com a grana e o deixa de coração partido. A partir daí, a estrutura do filme se revela –a personalidade da estudante, na verdade, foi totalmente criada por um golpista, Max (Sebastian Stan), que a treina para ser exatamente o tipo de pessoa por quem o dono da livraria se apaixonaria. 

O filme revisita o passado e mostra como Max construiu todo esse esquema, escorado em Madeline (Julianne Moore), que mantém a farsa de ser a mulher do pai bilionário de Tom. 

O longa-metragem de quase duas horas é um deleite com tantas reviravoltas. A não ser que o espectador tenha lido detalhes sobre o filme antes, todos os esquemas e delitos acabam sendo surpreendentes. 

A escolha de astros também foi certeira. Julianne Moore claramente se diverte com a sensualidade de Madeleine, enquanto Sebastian Stan, um queridinho de Hollywood, se segura em um personagem tão obviamente odiável que fica até difícil lembrar que ele é considerado um dos atores mais simpáticos da Marvel.

Sharper: Uma Vida de Trapaças constrói um grande quebra-cabeça com perspicácia e maestria. Cada detalhe, inteligentemente encaixado, prende o espectador, que se mantém alerta aguardando ansiosamente o próximo passo.

O longa-metragem é dirigido por Benjamin Caron (premiado com o Emmy por The Crown e também diretor das séries Andor e Sherlock), que coroa o time por trás de uma estrutura complexa e bem feita. Ainda que pouco se tenha ouvido falar sobre Sharper, o Apple TV+ entregou quase que silenciosamente um entretenimento muito prazeroso e inteligente. 

Fonte: UOL Cinema

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *