The Last of Us faz grande mudança em história de Henry e Sam

Alerta de spoilers

A série de The Last of Us faz outra mudança em relação ao game original, dessa vez na história de Henry e Sam. O seriado do HBO Max aprofunda ambos os personagens, mas também torna suas tramas ainda mais trágicas.

Já na cena de abertura, que relembra a noite em que a FEDRA perdeu o controle de Kansas City graças a Kathleen e os Caçadores, vemos a primeira mudança.

Nessa sequência, Henry e Sam são pegos no meio da violência, e Henry diz a Sam para olhar para ele em vez dos Caçadores. No entanto, Henry faz isso por meio da linguagem de sinais, mostrando ao público que Sam é surdo.

No jogo original, Sam não é surdo e é um pouco mais velho que a versão da HBO, e ambas as mudanças subliminarmente fazem com que o público se importe instantaneamente com Sam.

Outra revelação sobre Sam, que marca um afastamento do jogo original de The Last of Us, vem mais tarde no episódio, quando Henry diz a Joel que Sam foi diagnosticado com leucemia quando era mais jovem.

Ainda mais do que a revelação de que Sam é surdo, saber sobre seu passado difícil só torna seu destino final muito mais angustiante.

Mais sobre The Last of Us

“Uma trama que beira a extinção humana. Vinte anos após a queda da civilização, Joel é contratado para tirar Ellie de uma zona de quarentena perigosa”, afirma a sinopse oficial de The Last of Us.

The Last of Us estreou no Rotten Tomatoes com uma rara classificação de 100%. A classificação diminuiu ligeiramente desde então, para 97%, mas quebrou um recorde para a adaptação de videogame em live-action mais bem avaliada.

Além de Pedro Pascal como Joel e Bella Ramsay como Ellie, o elenco de The Last of Us conta também com Gabriel Luna (Matador), Anna Torv (Mindhunter), Merle Dandridge (Jesus Christ Superstar), Melanie Lynskey (Yellowjackets) e Rutina Wesley (True Blood).

The Last of Us é exibido pela HBO e pela plataforma HBO Max. Clique aqui para saber quando os próximos episódios serão lançados.

Fonte: UOL Cinema

4 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *