Vai ser refeito? James Cameron diz que só acertou metade de Titanic

Titanic é, sem sombra de dúvidas, um dos filmes mais influentes da história do cinema. Em uma entrevista recente, o diretor James Cameron afirmou que “só acertou metade” do drama, o que trouxe muitas dúvidas para os fãs. Nas redes sociais, um questionamento domina as postagens: será que Titanic vai ganhar um remake?

Lançado em 1997, e dirigido por James Cameron, Titanic utiliza o naufrágio do transatlântico como pano de fundo para a história de amor de Jack e Rose.

No longa, o elenco é liderado por Leonardo DiCaprio e Kate Winslet como Jack e Rose. Titanic conta também com Kathy Bates, Billy Zane, Frances Fisher e Victor Garber.

Mostramos abaixo tudo que James Cameron falou sobre Titanic e se o filme ganhará um remake ou continuação; confira!

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet em Titanic.

James Cameron reflete sobre Titanic em documentário

Como os fãs já sabem, o cineasta James Cameron fez de tudo para honrar a tragédia do RMS Titanic no filme de 1997. Para isso, ele fez várias visitas às ruínas subaquáticas do navio.

No novo documentário “Titanic: 25 Years Later with James Cameron” (25 Anos Depois com James Cameron), no entanto, o cineasta diz ter acertado “apenas metade” da história original.

O diretor também utilizou simulações digitais, modelos e pirotecnia para determinar duas peças-chave para o naufrágio.

No filme, a parte dianteira do navio naufraga após colidir com o iceberg, e em dado momento, o ângulo do naufrágio se torna tão severo, que o navio é partido ao meio.

Com as duas partes do navio ainda acopladas, o naufrágio da parte dianteira puxa a popa para baixo, e assim, o Titanic naufraga de maneira vertical.

“O filme Titanic mostra o que nós acreditamos ser um retrato adequado das últimas horas do navio. Nós mostramos a proa afundando primeiro, levantando a popa antes de partir o navio em dois. Nos últimos 20 anos, tentei entender se fizemos tudo certo”, comentou o diretor.

O documentário, no entanto, revela que a popa do Titanic poderia ter caído na água, e a proa também poderia ter afundado de maneira vertical – mas as duas coisas não poderiam acontecer ao mesmo tempo.

“Não tenho como dizer o que aconteceu de verdade, mas gostaria de saber se essa possibilidade é real. Assim, eu não teria que refazer esse filme!”, afirmou Cameron.

Ou seja: Titanic não deve ganhar um remake. O cineasta não manifestou qualquer intenção de refazer o blockbuster.

Com a análise do documentário, James Cameron admitiu ter acertado somente em “metade” da caracterização do naufrágio.

“Nós descobrimos que a popa poderia naufragar verticalmente, ou cair para trás com um grande esguicho, mas não ao mesmo tempo. Então, o filme está certo em um ponto, e errado em outro. Nós meio que acertamos a metade”, explicou o cineasta.

O documentário sobre Titanic ainda não está disponível no Brasil.

Fonte: UOL Cinema

5 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *