Vale a pena assistir ao filme?

Batem à Porta, o novo suspense de M. Night Shyamalan, acaba de estrear nos cinemas brasileiros. Como é de praxe nos filmes do cineasta, os fãs podem aguardar uma história cheia de reviravoltas. Mas afinal: de acordo com a crítica especializada, vale a pena assistir ao filme nas telonas?

“De férias em um chalé distante, uma jovem e seus pais são feitos reféns por quatro estranhos armados que exigem uma escolha inimaginável da família para evitar o apocalipse. Com acesso limitado ao mundo exterior, a família deve decidir no que realmente acredita antes que tudo esteja perdido”, diz a sinopse oficial de Batem à Porta.

O elenco de Batem à Porta conta com Dave Bautista (Guardiões da Galáxia), Jonathan Groff (Hamilton), Rupert Grint (Harry Potter) e Ben Aldridge (Pennyworth).

Mostramos abaixo o que a crítica especializada tem a dizer sobre o suspense Batem à Porta; confira!

Batem à Porta conquista a crítica especializada

Batem à Porta estreou no Brasil antes de chegar aos cinemas americanos. Nos Estados Unidos, o filme estreia nesta sexta-feira (3 de fevereiro).

Pelo menos até o momento, a crítica especializada aprova a trama de Batem à Porta. No Rotten Tomatoes, o filme garantiu 74% de aprovação.

“Embora não seja tão assustador, e tenha algumas partes que não fazem sentido, Batem à Porta é um thriller instigante, um dos melhores de Shyamalan”, diz o consenso do site.

Na plataforma Metacritic, a nota de Batem à Porta foi um pouco menor. Com base em 27 resenhas, o longa ficou com a nota 62 (em 100).

O site Rolling Stone, por exemplo, classificou Batem à Porta como “o filme mais sombrio de M. Night Shyamalan.

“Batem à Porta, inicialmente, se apresenta como um comentário assustador sobre o fanatismo – o que acontece quando a crença não apenas supera a racionalidade e a razão, mas também se torna homicida”, descreve a resenha.

No site The Verge, o jornalista Charles Moore compara o estilo de Batem à Porta com o de outros populares filmes de suspense.

“Batem à Morte se desenvolve sua história na veia de clássicos como A Última Casa à Esquerda e Os Estranhos”, diz a publicação.

Mas nem tudo são flores para o filme de suspense. De acordo com a revista Variety, Batem à Casa é “longo, lento e decepcionante”.

“Batem à Porta adota uma premissa que o público acha que conhece, e faz algo pouco convencional e (infelizmente) frustrante. O problema é que, hoje em dia, não é surpresa se decepcionar com um filme de Shyamalan”, afirma a resenha.

Finalmente, o site CNET encontra um meio-termo entre as críticas e os elogios. Para o jornalista Richard Trenholm, Batem à Porta é “um tenso filme B”.

“Temos que admirar a maneira como M. Night Shyamalan sempre nos oferece filmes B tensos e inquietantes. Batem à Porta não assusta como outras histórias de terror do gênero, mas um filme de Shyamalan é sempre bem-vindo quando bate à porta”, conclui o especialista.

Batem à Porta está em cartaz nos cinemas brasileiros. Veja abaixo o trailer.

Fonte: UOL Cinema

5 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *