Elon Musk alterou algoritmo do Twitter para mostrar seus posts a todos, diz site


Publicamente, Musk não confirmou a alteração para promover suas publicações, mas ironizou as reclamações de usuários e disse que está fazendo ‘ajustes’ no algoritmo. Elon Musk alterou algoritmo do Twitter para mostrar seus posts a todos, diz site
Reprodução
Um relatório divulgado pelo site Platformer revelou que Elon Musk mexeu no algoritmo do Twitter para que todos vejam suas publicações, na aba “Para você”. Na rede social, usuários têm reclamado da “inundação” de tuítes do bilionário.
Segundo o site, que ouviu pessoas envolvidas no assunto, Musk reuniu sua equipe no domingo (12) para que ela investigasse o motivo do alcance reduzido de suas publicações.
Ele estava descontente com o alcance de seu tuíte sobre o Super Bowl, que teve um engajamento menor em comparação com a publicação feita pelo presidente americano Joe Biden. O dono do Twitter tem quase 129 milhões de seguidores, enquanto Biden tem 37 milhões.
“Uma possibilidade, disseram os engenheiros, era que o alcance de Musk pudesse ter sido reduzido porque ele havia sido bloqueado e silenciado por muitas pessoas nos últimos meses”, disse o site.
Sem dar detalhes, o empresário tuitou nesta terça-feira (14) sobre alterações no algoritmo. “Por favor, fique atento enquanto fazemos ajustes no uh.… ‘algoritmo'”, disse Musk. Ele também publicou um meme para ironizar a chuva de tuítes.
Initial plugin text
A “Bloomberg” procurou o Twitter, mas não obteve retorno. O g1 não conseguiu contato com a empresa para comentar o assunto.
Ainda sobre mudanças na mídia social, Musk disse nesta quarta-feira que no final de 2023 será “bom momento” para encontrar outra pessoa para administrar a empresa, segundo a agência Reuters.
Confira a repercussão
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
LEIA TAMBÉM:
Como saber quais aplicativos gastam mais bateria no celular
Por que Facebook e Instagram têm sugerido conteúdo de contas que você não segue
ChatGPT pago chega ao Brasil por R$ 104 ao mês

Fonte: Folha | G1 | Olhar Digital

8 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *